27 de Jul de 2021

Além do conforto, a saúde dos olhos pode atrapalhar o bom desempenho da prática esportiva, já que uma visão mais ágil, precisa e clara é fundamental na hora de praticar esportes

b_300_0_16777215_00_https___assets.folhavitoria.com.br_images_ba103070-c902-0137-5a29-0a58a9feac2a--minified.jpg

Quem precisa de óculos de grau por não se adaptar as lentes de contato, ou aqueles que não tem indicação para realizar cirurgias corretivas, sabem o quanto é desconfortável realizar uma atividade física usando óculos.  Além do conforto, a saúde dos olhos pode atrapalhar o bom desempenho da prática esportiva, já que uma visão mais ágil, precisa e clara é fundamental na hora de praticar esportes, principalmente aqueles que exigem velocidade, resistência e execução perfeita para evitar lesões. A boa notícia é que, segundo o oftalmologista, Dr. Renato Vieira Gomes, ninguém precisa ficar sem se exercitar por causa dos problemas de vista.

“Hoje encontramos os óculos ideais para as mais variadas práticas esportivas, eles são realmente adaptados para que a execução daquela atividade seja realizada com todo o conforto. Já conseguimos encontrar óculos de grau e sol específicos para natação, para ciclistas e atletas de corridas”, disse.

Modelo de óculos adequado para cada atividade

  • Natação e atividades na água: o melhor e mais adequado é o de armação com tira de borracha ou silicone, que garante maior conforto e proteção. Atualmente, em alguns óculos de natação, é possível incluir o grau nas lentes, suprindo as necessidades das pessoas que precisam dos óculos em todos os momentos, e que acabam sentindo falta deles para melhor execução da atividade;
  • Ciclistas: o óculos ideal deve ser perfeitamente ajustado no rosto e ficar bem confortável sob o capacete. Além disso, é importante procurar por lentes que protejam os olhos de correntes de ar, insetos e poeira. Também é importante escolher modelos que permitam uma boa visão sob luz intensa, sombra e até variadas condições de tempo;
  • Atletas de corrida: modelos com armações leves e hastes flexíveis são os mais indicados, já que se adaptam facilmente ao formato do rosto e permitem uma ventilação adequada. Assim como nos óculos para pedalar, é desejado que as lentes sejam curvas, garantindo proteção contra agentes externos, como vento e sol.

Proteção UVA e UVB são fundamentais

Dr. Renato fez ainda um alerta sobre a importância da proteção UVA e UVB seja qual for o modelo ou atividade escolhida. No Brasil existe uma certificação da Associação Brasileira de Produtos e Equipamentos Ópticos (Abióptica), que atesta a proteção contra os raios solares, garantindo não só a proteção UVA e UVB, mas também outros parâmetros, como características das lentes e determinação do grau e eixo das lentes.

O oftalmologista ainda disse que usar óculos de lentes escuras sem proteção UV adequada é perigoso. "O efeito de escurecimento dos óculos leva à dilatação da pupila, permitindo que ainda mais radiação entre no olho, portanto, não use óculos sem procedência atestada pelos órgãos competentes", concluiu.

 

 

 

 

Fonte: Portal Folha Vitória